CONSELHO QUE NÃO DOI.

Como é gratificante conviver em Jardim do Seridó com Radir Meira. Homem que repassa confiança, paz, serenidade, responsabilidade e justiça quando dialoga com quem lhe é caro.

Neste carnaval que passou tivemos vários encontros casuais com ele, no Canal, nas lojas Meira e em locais onde havia reinado de momo. Suas colocações sempre foram de união, de probidade, de bem querer.

Radir ama Jardim e não tem espírito revanchista, nem usa da má intenção para quem quer que seja.

Radir Meira tem pontos de vista próprio e muito pessoal e já desceu do palanque, pois a vida continua e ele é símbolo do bom viver, do fazer o bem sem olhar a quem.

Seria bom que os que decidem os eventos desta terra e as questões funcionais tivessem sempre um papo com aquele amigo, pedissem mesmo sua opinião sobre certas questiúnculas, pois só assim pensariam posições antagônicas. Afinal conselho não dói e não se paga.

Ele é a moderação em pessoa, a linha do infinito pela qual o bem não termina, vai sempre em frente.

5 comentários:

  1. Parabéns Eliel! pelo seu blog, se cresce assim, sem baixarias, sem politicagem, atendendo a todos sem olhar a quem. Que o de Paulinho Filho pessoas de classe não darão ouvidos as baixarias que ele coloca em seus comentários. Isso fica para pessoas iguais a ele. Uma ótima reportagem sobre esse grande HOMEM QUE É RADIR MEIRA. parabéns mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Olha, Eliel o Radir Meira é tudo isso aí mesmo. E lhe digo isso sem o menor medo de amanhã você se arrepender uma vírgula do que está falando sobre ele.

    É daquelas pessoas que como dizem pr aí "não ofendem nem ao comer que come" e desprovida de qualquer tipo de maldade.

    Coisa rara - ou melhor, Jóia Rara -hoje em dia, num mundo cheio de espíritos-de-porcos em que vivemos...

    ResponderExcluir
  3. caro Eliel,parabenizo pelo seu blog,sou bacural,mas o de paulinho é uma aberração,blog de baixo escalão,parabéns,nós bacurais gostamos de voce.

    ResponderExcluir
  4. Caro Eliel, acho que não mereço tanto elogio. Concordo com você que o nosso carnaval tem que ser cuidado e podemos fazer muito. Este ano foi atípico pela crise mundial que vem afetando todos os setores econômicos, mas de um modo geral o carnaval agradou, é uma marca reconhecida na região, mas não deve haver acomodação e um planejamento para o evento no próximo ano, envolvendo Prefeitura, Blocos, Clubes e demais setores beneficiados, se faz mais do que necessário. Acredito na força da união e o carnaval merece destaque, pois é sem dúvidas, grande promotor do lazer e turismo entre as pessoas e regiões.

    ResponderExcluir
  5. Caro Radir Meira é uma pena o amigo viver a 240Km longe da realidade de nossa cidade, não estar presente e sofrendo na pele as perseguições, tiranias e abuso de poder que os que aqui residem estão sendo obrigados a suportar. Realmente é uma grande utopia esse seu desejo de viver pacificamente num diminuto município com uma economia praticamente inexistente e as promessas de emprego servindo de isca eleitoral(fato este que o amigo contribuiu bastante) para os municípes que tanto necessitavam. Não é a toa que os contratos na prefeitura estão se avolumando.

    ResponderExcluir