Impactos sociais da Copa 2014 é tema de debate na Assembleia Legislativa.

Em meio à sessão ordinária desta terça-feira (22), a deputada estadual Márcia Maia tratou de um assunto pouco discutido na Assembleia Legislativa, os impactos sociais da realização da Copa do Mundo no Rio Grande do Norte.

A parlamentar, inclusive, apresentou requerimento para realização de uma Audiência Pública no próximo dia 29 de março. “É importante que possamos nos debruçar sobre essa questão, que tenhamos o Ministério Público, os Conselhos Tutelares e outras instituições dessa rede de proteção social, especialmente em defesa da criança e do adolescente”, afirmou.

A deputada pessebista se mostrou favorável à realização do Mundial, mas destacou as conseqüências que podem surgir a partir de um evento desta dimensão no caso da exploração sexual de crianças e adolescentes.

Márcia lembrou os dados do Disque 100, no qual desde 2003, mais de 2 milhões de atendimentos já terem sido realizados, sendo a Nordeste campeã de denúncias, com 43.027 registros (de 2003 a 2010).

“Não podemos perder de vista o que há de negativo e o quanto isso pode ser agravado com a Copa. Por isso, é importante manter nosso papel fiscalizador num trabalho preventivo, a fim de minimizar os impactos negativos do evento em nossa sociedade”, afirmou.
A.I.