Centrais vão publicar reivindicações a Temer nos jornais

As centrais sindicais que estiveram nesta semana com Michel Temer (Nova Central, CSB, Força Sindical e UGT) vão publicar um anúncio em diversos jornais do país apresentando uma espécie de “agenda do trabalhador” que deve ser implementada pelo possível próximo presidente. 

O material traz reivindicações genéricas, como a necessidade de retomada do crescimento, geração de emprego e ampliação dos direitos trabalhistas. 

Pede ainda a correção da tabela do imposto de renda, fortalecimento do ministério do Trabalho, juros menores, renovação da frota automotiva nacional, valorização do salário mínimo e que não sejam retirados direitos na reforma da previdência. 

As reivindicações acabam por se opor, em alguns pontos, às propostas pela FIESP. Com isso, Temer terá que trabalhar para manter o apoio dos dois grupos favoráveis ao impeachment. 

Em tempo: CUT e CTB, que seguem no apoio ao PT e serão o braço sindical contra Temer, obviamente, não quiseram assinar o documento. 
ROL