MINISTRO DO SUPREMO NÃO TEM PASSADO, SÓ FUTURO

Aos governistas que esperam “gratidão” de ministros do Supremo Tribunal Federal, para “salvar” Dilma, o professor Delfim Netto afirma haver aprendido, em sua longa vida pública, que “ministro do STF não tem passado, só tem futuro”. 

Observa que eles estão preocupados em trabalhar direito e serem lembrados pela qualidade jurídica dos seus votos, nunca por haver agradecido a própria nomeação com a toga. 
DP