DOR QUE NÃO PASSA

A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, sente muito o falecimento do pai, Florival Rocha, aos 98 anos. Eram muito ligados. 

Amigos preveem até uma mudança no jeito da ministra. 
DP