Adutora Manoel Torres será paralisada para interligação de Adutora Emergencial

A Adutora Emergencial de Caicó, construída pelo Departamento Nacional de Obras contra as Secas (DNOCS), será interligada à Adutora Manoel Torres. 

Para isso, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), atendendo solicitação do órgão, vai paralisar a adutora, localizada em Jardim de Piranhas, a partir desta quarta-feira (15), por um período de 72 horas. 

Com a suspensão temporária da operação na Adutora Manoel Torres, ficarão sem abastecimento de água os municípios de Caicó, São Fernando e Timbaúba dos Batistas. 

O mesmo procedimento já está sendo realizado para interligar a Adutora Emergencial à Adutora Serra de Santana, que atende cinco cidades e comunidades rurais da região Seridó. 

Depois da interligação nas duas adutoras, será iniciada a fase de testes, que também terá o acompanhamento da Caern. A Adutora Emergencial de Caicó é um empreendimento que está sendo totalmente executado pelo DNOCS, tendo a CAERN disponibilizado pessoal técnico para acompanhamento da obra. 

A operação da adutora pela CAERN ocorrerá depois que o sistema estiver totalmente concluído e testado. Com a adutora testada e funcionando, o empreendimento passará a integrar o sistema de abastecimento de água operado pela companhia na região Seridó.