Padronização de medicamentos no HUOL segue classificação internacional

O Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), lançou a Padronização de Medicamentos 2017, desenvolvida de acordo com o código ATC (Anatômica Terapêutico Química), sistema de classificação reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como padrão internacional para a utilização de medicamentos. 

A padronização é uma ferramenta para a gestão racional de recursos, pois permite adquirir produtos de forma programada e com valor terapêutico comprovado, usar medicamentos de forma racionalizada, ampliar o controle e aumentar a agilidade da dispensação dos medicamentos. 

Presidente da Comissão de Farmácia e Terapêutica (CFT) do HUOL, Munir Massud destaca que “ao adotar critérios preconizados pela OMS, a padronização de medicamentos prioriza a efetividade, a tolerabilidade e o custo”. 

Também membro da CFT, Valdjane Saldanha diz que a ação impacta em toda a logística hospitalar, pois “agrega benefícios que abrangem a assistência ao paciente e o setor administrativo, gerando economia de recursos e tornando o fluxo da cadeia de medicamentos mais organizado, seguro e eficaz”.