SÍRIA: CADA MÍSSIL DE TRUMP CUSTOU US$1 MILHÃO

Já se conhece quem levou vantagem no bombardeio da Síria, ordenado pelo presidente Donald Trump: os acionistas da Raytheon, gigante americana que fabricou os mísseis Tomahawk, despejados sobre a província síria de Homs. 

Cada um dos 59 mísseis disparados custou aos Estados Unidos US$1 milhão (cerca de R$3 milhões). No total, só em mísseis, a ira de Trump custou mais de R$177 milhões.

Após gastar 59 mísseis Tomahawk, Trump vai repor o estoque. Agora, o brinquedinho de guerra custa US$1,5 milhão (R$4,5 milhões) cada. 
DP