'Acho que vou me candidatar', dispara Silvio Santos após delações

Silvio Santos fez mais uma das suas durante a gravação de seu programa - que vai ao ar no próximo domingo (21) no SBT. Com bom humor, ele disse que pensou em se candidatar ao cargo de presidente do Brasil. 

Nesta semana, Michel Temer se envolveu em um escândalo ao ser acusado de dar aval para comprar o silêncio do ex-depurado Eduardo Cunha, preso no âmbito da Operação Lava Jato. "Eu não estava mais pensando em política, mas, depois que o Luciano Huck se candidatou, eu fiquei muito chateado e eu acho que vou me candidatar. Pois eu estou com 86 anos, estou muito mais maduro, tenho agora decisões muito mais adultas e estou convencido que o governo na minha mão seria um governo de total felicidade para as pessoas menos favorecidas", disse ele, segundo o jornal O Estado de S. Paulo. 

O dono do SBT fez referências as recentes notícias de que o apresentador do Caldeirão do Huck seria candidato nas próximas eleições, em 2018. "Eu estou pensando seriamente, pois o Luciano Huck está fazendo cócegas na minha consciência. Se o povo poderá votar em Luciano, poderá votar em mim, porque eu sou aquele presidente que dirá que os ricos sejam menos ricos e os pobres menos pobres", disse Silvio. 

O apresentador já tentou ocupar o cargo, em 1989. Porém, teve problemas com a candidatura e não conseguiu avançar com a ideia. 
NM