Hospitais Universitários participam de mutirão na próxima quarta-feira, 31

Na próxima quarta-feira, 31, os três hospitais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN): a Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), o Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol) e o Hospital Universitário Ana Bezerra (Huab), filiados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e únicos universitários do estado, realizam mutirão de exames, consultas e cirurgias com o objetivo de reduzir a demanda reprimida nas unidades da rede do Sistema Único de Saúde (SUS). 

A ação integra o 2º Mutirão Nacional da Rede Ebserh, que pretende realizar mais de 8.000 procedimentos nos 39 hospitais universitários filiados à estatal, localizados nas cinco regiões do Brasil. 

Na MEJC serão realizados 50 exames de mamografia e 100 de ultrassonografia. Os agendamentos já ocorreram na semana passada, portanto não existem mais vagas disponíveis para a realização dos exames. 

O Huol iniciou as atividades do mutirão na última sexta-feira, 26, pelo qual já foram realizadas 800 consultas com endocrinologista e 100 ultrassonografias da tireóide. Fora esses atendimentos, a meta é realizar ainda 33 cirurgias de vesículas e correções de hérnias, além de 300 consultas oftalmológicas até o Dia D do mutirão. 

Na cidade de Santa Cruz, interior do estado, o Huab vai disponibilizar 15 cirurgias ginecológicas, 28 consultas de pré-natal, 60 consultas de mastologia, 70 exames de mamografia, 150 ultrassonografias, além de exames laboratoriais e ações educativas. 

O mutirão é direcionado para pacientes regulados, ou seja, pessoas que já estão inscritas no Sistema Único de Saúde (SUS) à espera de um dos procedimentos. Para o presidente da Ebserh, Kleber Morais, o evento mostra a relevância da Rede Ebserh para o usuário do SUS. “Essa mobilização dos hospitais universitários se dá pela busca da melhoria do sistema público de saúde. É nosso papel oferecer atendimento a quem precisa, além de apoiar o ensino, a pesquisa e a inovação tecnológica”, ressaltou Morais. 

O 2º Mutirão Nacional da Ebserh vai dobrar o número de atendimentos realizados na primeira edição. Mais de 3.700 pessoas estão envolvidas nas atividades do mutirão, incluindo médicos, enfermeiros, demais profissionais da área assistencial e administrativa.