Ministros do Supremo se queixam do estilo de Fachin

A segunda turma do Supremo ainda não se habituou com o modus operandi de Edson Fachin. 

Os ministros se queixam de o colega não compartilhar informações sobre os processos mais importantes nem avisos de operações da Polícia Federal. 

Pelos corredores, eles dizem que o relator da Lava Jato só conversa efetivamente com Cármen Lúcia e não escondem que morrem de saudade dos tempos de Teori Zavascki. 
ROL