Caern suspende rodízio de abastecimento na Zona Norte da capital

O volume de chuvas dos últimos dias na cidade do Natal, fez com que o nível da Lagoa de Extremoz atingisse 88% de sua capacidade total. 

Diante desse volume, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) decidiu junto à Agência Reguladora de Saneamento Básico do Natal (Arsban) e ao Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn) suspender o regime de rodízio de abastecimento de água na Zona Norte da capital. 

A lagoa é responsável por 70% do abastecimento da região, sendo complementado por poços. Assim, a população da Zona Norte passará a ter o abastecimento diariamente. Mas, mesmo com a situação da consolidação do período chuvoso, já esperado para o período, a Caern ressalta que o uso racional da água deve ser permanente. 

“Hoje, vivemos uma realidade mundial em que o desperdício de um bem tão precioso é inimaginável”, alerta o superintendente de Operação e Manutenção de Natal da Caern, Lamarcos Teixeira. 

O rodízio na Zona Norte teve início em fevereiro, quando a lagoa apresentava um baixo nível, aproximadamente 36% de sua capacidade. No primeiro momento, o rodízio foi realizado com abastecimento 24h por dia e 48h sem fornecimento de água. Em meados de junho, com o aumento do nível o rodízio passou a ser 24h por 24h.