Poderosa, onde está você?

Apesar de ter passado o sábado internado no Hospital Sírio Libanês para um check up médico, o ex-presidente Lula não perdeu o humor. 

Entre uma agulhada para tirar sangue aqui e uma ressonância magnética ali, o petista aproveitou para tirar um sarro do juiz Sérgio Moro, que bloqueou seus bens e aplicações financeiras que somam 9 milhões de reais. 

Como o juiz dispensou o bloqueio de uma F1000 modelo 84 comprada pelo petista para a campanha de 89, Lula postou em seu perfil do Facebook que esse carro foi roubado há 15 anos e nunca foi recuperada, “Quem tiver notícias do paredeiro pode enviar pra gente”, disse Lula. 

O carro, segundo o post do petista, era carinhosamente chamado por dona Marisa Letícia, sua finada esposa, de “Poderosa”. 

No hospital, além dos exames de sangue, Luz fez consulta clínica, ressonância nuclear magnética de pescoço e vias aéreas, e mais uma laringoscopia. 

Todos os exames se encontram normais. As equipes que o acompanharam foram coordenadas pelo médico Roberto Kalil Filho, Artur Katz e Luiz Paulo Kowalski. 
Veja