Representantes de bairros e comunidades rurais decidiram sobre aplicação de recursos do “Orçamento Participativo”

Os representantes das 6 regiões de Currais Novos que participaram da “Conferência Municipal do Orçamento Participativo” na última sexta-feira (28) no Salão Nobre do “Palácio Raul Macedo”, decidiram que os R$ 200 mil destinados pelo poder público municipal serão divididos e destinados a cada região, com ações escolhidas pelos delegados/delegadas após debates sobre as prioridades. 

Na abertura da Conferência, o Prefeito Odon Jr disse que este momento torna a cidade mais democrática. “Este é o exercício pleno da democracia, e cada pessoa aqui representa um bairro ou segmento importante da sociedade e tenho certeza que todos vão discutir sobre as melhorias que podem transformar a vida das pessoas”, disse o Prefeito. 

A Conferência também contou com a presença do Vice-Prefeito Anderson Alves, secretários municipais, vereadores, servidores municipais, e os delegados/delegadas eleitos nas plenárias do Orçamento Participativo. 

Após algumas discussões, os 56 representantes da sociedade decidiram que os R$ 200 mil destinados pelo “Orçamento Participativo” serão divididos igualmente e serão aplicados de acordo com o determinado por cada um dos grupos. Os recursos serão aplicados, por exemplo, em instalação de poços, iluminação pública, e obras como passagem molhada. 

Com apoio do curso de Administração do Campus da UFRN Currais Novos, através da professora Andreia de Jesus, a construção do “Orçamento Participativo” através das plenárias em todas as regiões serviu de base para a elaboração de um diagnóstico das principais reivindicações da população de cada bairro/comunidade rural. 

O Orçamento Participativo é um instrumento de participação popular no qual a Prefeitura discute junto ao povo sobre a responsabilidade pela definição das ações prioritárias que o poder público municipal deva ter com os recursos públicos.