Zeinaide Maia dispara: “Nem a didatura tirou tanto direito do trabalhador”

A deputada federal Zenaide Maia, que sempre foi oposição ao governo do presidente do Michel Temer, voltou a criticar as reformas trabalhista e previdenciária propostas pelo governo federal. 

Dessa vez, durante os protestos da greve geral convocada por centrais sindicais e movimentos sociais nesta sexta-feira (30). 

De acordo com Zenaide, essas reformas irão retirar direitos dos trabalhadores. “Nem a ditadura tirou tanto direito dos trabalhadores. Vamos tentar barrar essas reformas. O momento sempre foi de apoiar os trabalhadores. Sempre fui médica do serviço público”, disse. 

A deputada também criticou a reforma da previdência. Na visão dela, o Governo Federal quer terceirizar a aposentadoria e repassar para os grandes bancos. acompanhou os protestos ao lado de outros políticos da oposição e criticou a forma com que o Governo Federal vem administrando o país sem ter atenção para os trabalhadores. 
AGRN