Após gastar parte do prêmio do BBB, Emilly deve voltar para o Sul

O prêmio de R$ 1,5 milhão do Big Brother Brasil parece muito, mas não para a família de Emilly Araújo, que não consegue mais manter o alto padrão de vida que passou a ter, desde que a filha venceu o reality show global. Isso foi o que entregou Mayla em recente entrevista ao TV Fama. 

A gêmea de Emilly admitiu que a irmã já usou boa parte do prêmio, inclusive pagando dívidas do pai, e não quer que o restante seja mexido. 

Sendo assim, a família deve voltar para a casa em que vivia no interior do Rio Grande do Sul. “Um milhão e meio de reais é muito dinheiro, mas não tanto para comprar um apartamento e temos a nossa casa no Sul”, entregou Mayla. Emilly continuará recebendo um salário de R$ 3 mil da Globo até janeiro de 2018. 

O aluguel do seu apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, é de cerca de R$ 11 mil. 
NM