DNIT aciona empresa para início das obras da reta Tabajara

O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, Valter Casimiro Silveira, comunicou, nesta quinta-feira (24), à senadora Fátima Bezerra que já entrou em contato com a empresa responsável pelas obras da reta da Tabajara e que, no momento, apenas aguarda os trâmites formais da ação no TCU, para assinar a ordem de início das obras. 

A duplicação da Reta Tabajara, na BR 340, é a principal via de acesso das regiões do Seridó e Oeste do estado a Natal. 

No início da noite de ontem (23), os ministros do Tribunal de Contas da União autorizam a retomada das obras de duplicação da Reta Tabajara, na BR 340, que estavam paralisadas há quase quatro meses. 

A proposta, apresentada por técnicos do DNIT, de desmembrar o processo, a fim de liberar as obras da BR 340 em trechos específicos, que não são alvo do embargo, foi aceita pelo colegiado. “ Entendo que, no presente caso, de forma evitar danos reversos e minimizar os impactos negativos decorrentes da paralisação da obra, é possível a continuidade do contrato para aqueles itens não questionados por esta casa. Destaco que a rodovia em questão atende o importante polo industrial do Rio Grande do Norte, além da Zona de Processamento de Exportação (ZPE), com conexão com o aeroporto de Parnamirim”, declarou o relator, ministro Vital Rêgo, em seu voto. 

Com essa decisão, serão reiniciadas as obras de terraplenagem, drenagem, obras de arte corrente e especiais, iluminação, construção do prédio da PRF, obras complementares e implantação de passarelas para pedestres.