Atriz Luana Piovani compara Lula a Adolf Hitler: ‘Lavagem cerebral’

Curtindo uns dias de folga pela Europa, Luana Piovani continua ligada nos 220 volts na interação com os seus seguidores do Instagram. Mesmo longe, Luana está antenada com o que está acontecendo no Brasil. 

No domingo (8), a atriz se posicionou sobre a “quase soltura” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve a ordem de habeas corpus liberada pelo desembargador Rogério Favreto, mas barrada pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Thompson Flores.

“Ainda me surpreende ver pessoas tão alucinadas comemorando a ‘soltura’ do Lula. Feijoada, música, oi? Ele conseguiu fazer uma parte da população acreditar que ele é um herói. Pra mim isso tá mais pra lavagem cerebral, mais pra Hitler”, escreveu Piovani, comparando o político petista com o ditador alemão. 

No começo de maio, ela foi até Curitiba para comemorar a prisão de Lula. Na ocasião, registrado na rede social, Luana levou uma maçã como forma de protesto, deixando a fruta na calçada próxima à sede da Polícia Federal. 

“Pode parecer besteira, mas eu tô envolvida com isso há três anos, e só eu sei quantos posts eu fiz, quantos jornais eu li, quanto eu estudei, e quantas noites mal dormidas eu tive por conta de tudo que tá acontecendo com o nosso País. Mas eu tenho esperança, porque eu tô vendo um trabalho bonito ser feito. Então tá aqui sua maçã”, disse, divulgando na época o vídeo na internet.