Eletrobras perde R$ 2,8 bi em valor de mercado após declarações de Bolsonaro

A Eletrobras perdeu R$ 2,8 bilhões em valor de mercado nesta 4ª feira (10.out.2018) após declarações do candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, contra a privatização da empresa. 

De acordo com os dados da Economatica, na 3ª feira (9.out) a empresa valia R$ 31,9 bilhões. Após o pregão desta 4ª, o valor de mercado da companhia recuou para R$ 29 bilhões. 

Em entrevista à TV Bandeirantes nesta 3ª feira (9.out), o militar afirmou que não pretende “mexer” no setor elétrico, caso seja eleito. “A gente vai vender para qualquer capital do mundo? Você vai deixar a nossa energia na mão da China? A gente pode conversar sobre distribuição, mas sobre geração não”, disse. 

O mercado financeiro reagiu às criticas do militar da reserva e as ações ordinárias –que dão direito a voto– da estatal recuaram 9,21%, enquanto as preferenciais caíam 8,36%. Mais cedo, as ações chegaram a despencar mais de 14%. 

Durante a entrevista, Bolsonaro defendeu a privatização ou até mesmo extinção de estatais que dão “prejuízos”. Mas, disse que o setor elétrico e o “miolo” da Petrobras não serão vendidos à iniciativa privada. 
P360