Defesa de Lula deve entrar com novo pedido de suspeição de Moro hoje

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve apresentar ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira (5), novo pedido de suspeição do juiz Sérgio Moro, no caso do tríplex no Guarujá, em que o petista foi condenado, em primeira instância, a nove anos e seis meses de prisão. 

Desta vez, os advogados vão usar a indicação do magistrado ao "superministério" da Justiça do presidente eleito Jair Bolsonaro para alegar atuação parcial do comandante da Lava Jato, bem como politização das decisões tomadas por ele na força-tarefa. 

De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, auxiliares de Lula avaliam, "diante de toda a trama" recente, os ministros do Supremo serão obrigados a se posicionar sobre a atuação do juiz. Se a Corte aceitar o pedido, o processo pode ser considerado nulo. 
NM