Mourão e a “economia da moedinha”

O general Hamilton Mourão disse ao Uol que, embora seu cargo como vice-presidente seja limitado, trabalhará para ajudar Jair Bolsonaro. 

“Sou limitado pela Constituição. Tenho de buscar um espaço que, dentro da legalidade, eu possa auxiliá-lo”. Mourão disse também que com a fusão de ministérios será possível reduzir as despesas do governo. 

“É o que eu chamo de economia da moedinha. Vai começar a pingar moeda no cofrinho, vai gastar menos papel, menos copinho de café, menos tonner, a máquina vai ser enxugada”. 
Antagonista