Nem Romero Jucá aguenta mais as peripécias de Renan

A cruzada de Renan Calheiros contra o Palácio do Planalto tem empurrado para longe personagens que, historicamente, caminham com ele. 

Esses dias, Romero Jucá desceu o malho no aliado. Jucá disse que compreende o sujeito fazer o diabo pela sobrevivência política, mas não admite que Renan use a liderança do PMDB em favor de interesses próprios. 

Eunício Oliveira, um dos interlocutores da análise, consentiu. Pouca gente consegue imaginar o todo poderoso senador alagoano sendo destituído do comando da bancada peemedebista, como alguns de seus correligionários defendem. É fato, porém, que Renan perde força a cada dia. 
ROL