Sandy diz que não quer que filho tenha carreira infantil: "É cruel"

Ela cresceu aos olhos do público brasileiro ao lado do irmão, Júnior, e há dez anos continua seu sucesso em carreira solo. Sandy diz que ainda hoje recebe propostas para voltar a cantar com o irmão. "Não é impossível, já recebemos milhares de propostas. Há muita gente querendo ganhar dinheiro em cima de nós, mas estamos em momentos importantes das nossas carreiras individuais. Se acontecesse, seria algo pontual, não um retorno", conta. 

Em conversa com a revista Época, a cantora revelou que ainda fica surpresa com o sucesso que faz. "Ainda me surpreendo. Não é bom se acostumar demais com o sucesso. Quando vou fazer show, me pergunto: 'Será que este lugar não é muito grande? Será que vai encher?'." 

Mãe de Theo, de quase 3 anos, fruto do casamento com o músico Lucas Lima, a artista não quer que o filho seja famoso ainda criança e desabafa a respeito de sua própria experiência. 

"Ele canta, é muito esperto, mas quero que deixe para trabalhar mais velho. Meu irmão e eu tivemos sorte, a gente conseguiu ser normal, pé no chão. Mas é um mundo muito cruel, cheio de gente tentando puxar seu tapete", declarou.