Sócios do Rock in Rio estão em pé de guerra

Os sócios do Rock in Rio estão em pé de guerra. Desde 2014, Roberto Medina tem a SFX Entretenimento como parceira na operação. 

Trata-se de uma subsidiária de uma companhia americana em recuperação judicial. Pois essa empresa entrou na Justiça daqui alegando que seus sócios locais estão descumprindo o acordo de acionistas. 

Eles dizem que teriam direito a indicar o diretor financeiro da Rock City, organizadora do festival, e que a sociedade precisa aprovar as contas dos últimos três anos em assembleia, o que não aconteceu. 

A última reunião foi tensa. Medina não quis receber os sócios, fazendo o encontro através de teleconferência e conduzindo a conversa em português, língua que eles não dominam. 

O criador do Rock in Rio quer recomprar a parte dos americanos na sociedade, mas eles não parecem dispostos a ceder tão fácil. 
ROL