PMDB observa atentamente os movimentos tucanos

Tem gente dentro do PMDB ressabiada com o PSDB. E a preocupação tem nome: Fernando Henrique Cardoso. 

Isso porque eles não entendem como o processo de cassação da chapa Dilma-Temer pôde ser pautada já na semana que vem, enquanto processos muito parecidos no Amazonas e Pará demorarem tanto – mais de ano para o primeiro caso. 

“O PSDB está mandando no governo e trabalhando para o TSE cassar a nossa chapa, derrubar Michel”, disse um importante deputado peemedebista.  

Paralelamente a isso, eles julgam que o ex-presidente tucano tem aparecido mais nas mídias, estado mais presente nas redes sociais a fim de se fazer notar neste momento de instabilidade. “Na eleição indireta vamos fazer quem?”, disse. O medo tem nome. 
ROL