Em delação, Palocci pede ao STJ para deixar a cadeia

Antonio Palocci, em franco processo de delação premiada, apresentou ao STJ um habeas corpus, com pedido de liminar, para responder a ação em liberdade. Ele já foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. 

A defesa argumenta que Palocci não representa risco à sociedade e que a clausura, à esta altura, equivale a uma antecipação da pena, já que ele está recorrendo da decisão que o levou para a cadeia. Caberá à presidente do tribunal, ministra Laurita Vaz, bater o martelo sobre o pleito
ROL