Cunha se recusou a operar enquanto presidisse a Câmara

Quando descobriu o aneurisma cerebral, em 2015, Cunha foi orientado por seus médicos a fazer uma cirurgia, mas decidiu que não iria operar antes de deixar a presidência da Câmara. 

Só agora, depois de Marisa Letícia, lembrou-se do conselhos dos doutores. 
ROL