GOVERNO APROVA REFORMA ‘AOS 45 DO 2º TEMPO’

A expectativa do Planalto, como tem acontecido em votações cruciais, é de aprovação da reforma da Previdência, ainda que “aos 45 minutos do segundo tempo”, diz um ministro. 

São necessários 308 votos para aprovar a emenda na Câmara, e o governo contabiliza ao menos 320. Líderes acham que os deputados já se convenceram da necessidade da reforma. E eles confiam na memória curta do eleitor para aprová-la. 
DP